domingo, 24 de fevereiro de 2013

O Livro de Honra do Batizado do Matias


 
Matias é um bebé milagre. Na gravidez foi detetado um feto acárdico (um só coração), e o pequeno coração do Matias tinha que bombear por ele e pelo outro feto que não era mais que um corpo sem cabeça e sem coração. seus pais viveram momentos de angústia.Foram consultas umas atrás das outras, para perceber se os bebés estavam colados. Tiveram que ir a Londres fazer uma cirurgia fetal endoscópica para cortar o feto acárdico e deixar o pequeno Matias desenvolver normalmente. Ainda assim o risco de aborto era elevado, bem como um parto pré-termo. Graças a Deus tudo correu bem e, hoje, aos seis meses de vida foi o seu Batizado. Estava todo catita e muito bem disposto. Portou-se como um Homem na hora da água benta.
Este livro foi feito com carinho para que todos os familiares e amigos lhe possam escrever umas palavras. (foi pena que ficou com bolhas de ar no sitio do bordado, penso que foi a ansiedade de o terminar rápido).
 

terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

Mousse de Manga

 
Ingredientes:
 
1 lata de polpa de manga
4 iogurtes naturais
1 lata de leite condensado
gelatina em folhas (usei 5, mas penso que com10 fica uma mosse mais "presa")
 
Bater o leite condensado com os iogurtes e juntar a polpa de manga.
Demolhar as folhas de gelatina, derrete-las em banho maria (ou no microondas na potência minima) e adicionar o preparado da manga (nunca ao contrario para não ficarem grumos).
Colocar no frigorifico umas horas e bom apetite.
 
 
 

Compota de Tangerina

Vi no blog da Joana Roque uma receita de doce de laranja, mas como cá em casa abundam as tangerinas, não resisti em experimentar a receita, substituindo a laranja por tangerinas. Não sei como fica a de laranja, mas esta ficou aprovada.
 
 
Ingredientes:

750g de tangerinas
1kg de açúcar
1,5 dl de água
Sumo de meio limão

Preparação:

Lave bem as tangerinas e corte-as em meias luas finas (casca e tudo), eliminando os caroços.
Coloque as tangerinas cortadas dentro de uma panela grande e acrescente a água. Deixe a macerar durante 8 horas (eu deixei de um dia para o outro)
Ao fim desse tempo leve o tacho ao lume e deixe ferver em lume brando até que as cascas de tangerina estejam quase moles.
Junte agora o açúcar e o sumo de limão e mexa bem. Deixe continuar a ferver em lume brando– cerca de 1 hora – até a compota ganhar consistência.
Guarde ainda quente em frascos previamente esterilizados e feche-os de imediato, virando-os de seguida de cabeça para baixo (deixando-os ficar cerca de 30 minutos a 1 hora assim) para que ganhem vácuo natural.

Nota: reparei agora que na receita da Joana diz 1,5 l de água, mas eu coloquei 1,5 dl ( por isso que a minha não deu 6 frascos mas apenas 3 e meio... mas que ficou boa, lá isso ficou)