quinta-feira, 29 de agosto de 2013

O Batizado das Gémeas

Renata e Dânia são duas meninas que foram muito desejadas pelos seus Pais.
Vão ser batizadas e estes são os livros onde os seus familiares e amigos vão deixar mensagens de carinho e talvez alguns concelhos para que elas possam um dia mais tarde ter uma bonita recordação de um dos dias importantes das suas vidas.



segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Cupcakes Red Velvet

Foi apenas à segunda tentativa que sairam mais ou menos ou meus primeiros cupcakes...

 


 
Para a Massa:

60 gr manteiga
1 ovo
50 gr iogurte
1 clh chá essência baunilha
5 gr corante vermelho (usei um pouco menos - por isso não ficaram tão vermelhos)
75 gr açucar
110 gr farinha trigo
5 gr cacau em pó - coloquei 2 clh sopa
5 gr fermento em pó

Para a Cobertura:

120 gr queijo creme
40 gr manteiga
350 gr açucar em pó (usei +- 150 gr)

Mistura-se a manteiga como ovo , a essência de baunilha, o corante e o açucar.
Noutro recipiente mistura-se a farinha, o cacau e o fermento.
Incorpora-se a farinha e o iogurte, alternadamente, à mistura dos ovos.
Coloca-se as formas de papel frisado sobre as forminhas de aluminioe eenche-se com a massa, cerca de 3/4 da forminha. Assa-se em forno médio pre aquecido cerca de 20 min. Retirar e deixar arrefecer.


Para o creme:
Bater o queijo com a manteiga até obter um creme fofo, na velocidade máxima. Diminuir a velocidade e acrescentar aos poucos o açucar peneirado. Guardar no frigorifico e cobrir os cupcakes quando estes estiverem frios.

Pode-se polvilhar com missangas coloridas.

 

 

 

 

Livro de Honra de Bodas de Prata

Para o José e a Lurdes: Venham os próximos 25!!
Felicidades!

Bola de Carne

Tal como grande maioria das pessoas da minha idade, a infancia foi passada em casa dos avós a brincar com os primos - a jogar à bola, saltar às cordas, jogar ao truque, às escondidas ou ao caça! No Verão fazíamos do tanque a nossa piscina e por altura das vindimas ajudavamos a despejar os cestos e a pisar as uvas- que comichão ficava nas pernas... Nós, os primos Fernandes, somos 31, fora os maridos, esposas e filhos. Resolvemos este fim de semana fazer o 1º encontro de primos Fernandes, para relembrar a infãncia, juntar miudos e graúdos, conviver um bom bocado e claro passar tempo à mesa :) Cada um levou o que quis - doce ou salgado!
Escolhi levar uma bola de carne da qual sobraram migalhas.




Ingredientes:
6 ovos + 1 gema para pincelar (opcional)
1,5 dl óleo
2 dl leite
0,5 dl água morna
3 chav (2,5 dl) farinha trigo
2 clh chá fermento em pó
150 gr fiambre
150 gr bacon
150 gr paio york
(ou outras carnes a gosto)
1 pitada de sal

Numa taça colocar os ovos com o leite misturado com a água e o sal, bater até obter uma massa que aumenta de volume, muito macia e a formar bolhas. Vai-se acrescentando o oleo e a farinha peneirada com o fermento. Bate-se muito bem a massa.
Num tabuleiro untado com manteiga e polvilhado com farinha, verter 1/3 ma massa, colocar metade das fatias da carne, verter mais um terço da massa e colocar o tresto da carne. Cobrir com a restante massa e pindelar com uma gema de ovo (para ficar com aspeto brilhante). Levar ao forno pre-aquecido a 200ºC e deixar cozer +- 30 min. Verificar com um palito.

segunda-feira, 19 de agosto de 2013

sábado, 10 de agosto de 2013

Crepes (sem manteiga e açucar)

Esta receita de crepes leva-me à adolescência.  E faz-me sempre pensar na tia Fátima, pois foi ela que me ensinou.

Num recipiente colocar 14 colheres de sopa de farinha com fermento, juntar 4 ovos e ir misturando com a ajuda de uma colher de pau. aos poucos adicionar 1 litro de leite. inicialmente forma-se uma bola e é uma massa um pouco "presa". à medida que se vai juntando o leite fica mais fácil trabalhar a massa. Deixei ficar assim a massa a descansar cerca de 2 horas, mas pode-se começar logo a fazer os crepe.

Deitei umas gotas de azeite na crepeira e passei um guardanapo de papel. coloquei ao lume e fui fritando colheradas da massa. deixava cerca de 1 min e virava, com a ajuda de uma espátula e a pontinha do dedos (sim fiquei com os dedinhos bem quentinhos...)

Depois pus uma bola de gelado de chocolate e com o pauzinho de um ramo de hortelã fiz uma trouxinha. Uns rabiscos do meu doce de ameixa  e ....  cá está!


Esta receia para além de rápida e económica, tanto pode ser recheada com doces como com salgados. Eu prefiro doces:)

quarta-feira, 7 de agosto de 2013

Bola de enchidos na MFP

Um dia destes, um colega da empresa levou para o almoço umas fatias de bola de carne... Fiquei com o bichinho. Dizem que um vicio é pior qu euma doença, e eu fiquei literalmente com o vicio.... Mas durante a semana o tempo e limitado, até que me lembrei que tinha algures uma receita de bola de fumados para a máquina de fazer pão. Só havia um problema: não tinha grande coisa no frigorifico... O meu marido ainda disse:"faz amanhã!" "Mas eu quero hoje- tou com o vicio... :)"

Pôr os ingredientes por ordem na MFP:

2 clh sp azeite
350 ml água
1 clh chá alho em pó (usei um alho pequeno esmagado)
1 clh chá salsa em pó (usei salsa fresca)
2 ovos batidos
1 pacote fermento padeiro
500 gr farinha
2 clh sp fécula de batata

Selecionar o programa rápido (usei o normal) e quando apitar deitar os enchidos a gosto cortados em pedacinhos. No meu caso foi:

Bacon fumado
Chouriço caseiro
Fiambre
Chouriça

Ficou a faltar: o chourição, a linguiça ou a chouriça de colorau....

Para a próxima faço uma com tudo...



 

Suporte para lápis

A Maria começou a querer pintar. "Mãe faz um peixe, faz um pipi, faz uma menina, e um menino e agora faz uma casinha..."
Com os lapis sempre a rolar da mesa e a cair ao chão, resolvi dar utilidade a uma lata de cogumelos.

sexta-feira, 2 de agosto de 2013

De volta aos livrinhos...

Este livro vai ser para anotar as peripécias da Maria dos 3 aos 4 anos. Sim, porque este vai ser para ela um ano muito importante, com a sua entrada na pré-escola. Espero ter sempre boas memórias para escrever.
Será uma bonita recordação que um dia irá (penso eu) dar valor.
Com 3 anos de idade, há já muitas coisas que falham na minha memória. Assim ficará um relato dos seus momentos mais (ou menos) engraçados.